Salgueiro é o primeiro município do Sertão Central a adotar urnas biométricas

0

007_640x480/Ascom PMSA partir do pleito eleitoral de 2014, os eleitores de Salgueiro, registrarão seus votos nas urnas biométricas. Esta semana o Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) iniciou o recadastramento dos eleitores para a emissão dos novos títulos, tornando o município o primeiro do Sertão Central a fazer parte desse sistema, cujo método consiste em reconhecer o eleitor pelas impressões digitais.

O prefeito Marcones Sá compareceu ao Fórum Eleitoral, munido do seu título de eleitor, para fazer o seu recadastramento.

Segundo ele, o recadastramento através do sistema de identificação biométrica é mais um importante avanço, depois da urna eletrônica. “Nesse sistema também avançado, o eleitor não vai ser mais identificado só pelo título e assinatura, mas pela sua digital. A tecnologia traz mais confiabilidade e vamos ter a garantia que o eleitor é o dono daquele título”, disse o prefeito, apontando que a novidade coloca o Brasil nesse novo momento da tecnologia e vai fazer eleições ainda mais transparentes.

Pela urna biométrica, o eleitor apresenta o título, comprovante de residência e um documento oficial com foto. Além disso, atualiza os dados no sistema e cadastra as impressões digitais. O processo de identificação biométrica também confirma a identidade de cada eleitor, fazendo uma completa revisão do cadastro eleitoral dos municípios envolvidos, buscando comprovar, principalmente, o vínculo do eleitor com a cidade.

Segundo a auxiliar de cartório, Maria Góes, a meta da Justiça Eleitoral é atender 150 eleitores por dia. “Apenas os que tiverem feito o recadastramento poderão votar nas eleições do ano que vem. O sistema de identificação biométrica reduz a possibilidade de fraude, amplia a segurança e evita fraudes do processo eleitoral“, informou a auxiliar. As informações são da assessoria da prefeitura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome