Salgueiro: Agricultores de Umãs clamam por água da transposição para salvar suas lavouras

1
Foto: Divulgação

Em Salgueiro (PE), no Sertão Central, muitos agricultores que margeiam o riacho que corta a região estão criticando a falta de atenção das autoridades locais em não defender a liberação de água do canal da transposição do Rio São Francisco, o que evitaria perderem suas lavouras.

Segundo os agricultores, na região de Terra Nova (PE) – cidade próxima a Salgueiro – estão sempre soltando água.

O que eles pedem é que o Ministério da Integração Nacional libere a água no riacho a partir do Reservatório de Mangueira, resolvendo assim o problema.

Boa parte do riacho não recebe essa água. Os agricultores pedem providências e mobilização por parte das autoridades, que só brigam por picuinhas pequenas na Câmara de Vereadores. Eles afirmam que a falta de atitude das lideranças políticas de Salgueiro é um crime e falta de respeito. “O canal passa bem pertinho e o povo só vê as águas seguirem e não tem o direito de usá-las. enquanto a chuva não vem, se vive do nada que tem, olhando pro céu e pro chão”, desabafam. Com a colaboração de Sávio Barros/Umãs para o Blog.

1 COMENTÁRIO

  1. Essa transposição é um engôdo, só o canal e as estações de bobeamento custaram bilhões, para que a água chegue nas pequenas localidades, serão outros bilhões. Nunca vi uma obra tão cara e tão inútil como essa. Se tivessem entregado esse dinheiro aos israelenses, eles teriam feito brotar água no mais profundo interior dos sertões à um custo muito menor. Isso aí foi obra somente para encher os bolsos dos partidos e das empreiteiras, um verdadeiro crime de lesa-pátria, crime contra a humanidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome