Representantes da Celpe destacam investimentos e apresentam sistema inovador em Petrolina

2
André Santos e Hugo Vidal. (Foto: Blog do Carlos Britto)

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) tem feito grandes investimentos para a melhoria da rede e com o objetivo de ofertar um serviço de melhor qualidade. Foi o que destacou o superintendente de Operações do Interior da Celpe, André Santos. Em entrevista a este Blog, junto com o gerente de Operações da concessionária em Petrolina, Hugo Vidal, ele comentou também que a inovação e sustentabilidade são pilares da concessionária, que está com uma nova gestão.

A Celpe está em transformação e vem evoluindo muito. A Abradee (Associação Brasileira das Empresas de Energia Elétrica) pratica uma pesquisa anualmente e em 2018 a Celpe ficou classificada ente as quatro melhores distribuidoras do Brasil em evolução operacional, ou seja, melhor qualidade de fornecimento, melhor qualidade dos serviços prestados, melhor satisfação do cliente. Vamos colocar a Celpe entre as melhores do Brasil“, disse André.

Segundo o superintendente, a matriz energética da Celpe é 62% derivada de usinas hidrelétrica, 10% de energia eólica e as demais fontes, representando os outros percentuais, são biomassa, derivados do petróleo e gás natural. “A maior característica da nossa matriz é que ela é limpa“, destaca.

Questionado sobre o atendimento aos clientes, André disse que essa questão está cada vez mais eficaz. “Hoje o despacho é todo automático. o cliente liga, cai no sistema do centro de controle e ele despacha para o carro mais próximo, não precisa mais de intervenção humana para isso. Como todos os carros possuem GPS, ele procura o veículo que estiver mais próximo e o navegador o coloca na porta do cliente. O Centro de Operações da Celpe funciona 24 horas por dia, sete dias por semana“, afirma. “O atendimento que precisa de deslocamento de equipe é em até 2 horas“, frisa.

Pioneirismo

Uma novidade em Petrolina é o sistema de Automação Inteligente de Rede (AIR), um projeto pioneiro da Celpe que vai propiciar a recomposição automática do sistema elétrico durante uma falta de energia ou falha no sistema. Segundo Hugo Vidal, essa nova ferramenta vai utilizar inteligência artificial e algoritmos avançados, além de equipamentos de rede, para isolar a falha recompondo o sistema e devolvendo o fornecimento de energia elétrica ao cliente em questão de minutos.

André Santos explicou como funciona esse sistema. “Instalamos 25 chaves automatizadas que estão espalhadas pela rede da Celpe em Petrolina e elas ‘conversam’ umas com as outras. Isso significa que é uma inteligência artificial, onde na hipótese que eu tenha um abalroamento num poste ou falta de energia na comunidade, essa rede se autoconfigura e em um ou dois minutos ela consegue restabelecer a energia. É esse tipo de coisa que vai dá esse salto de tecnologia, que é fundamental“, finaliza o gerente, acrescentando que os investimentos não param: “A meta é ficarmos em primeiro lugar nessas pesquisas. É uma construção de bons desempenhos.

Canais de atendimento

O teleatendimento da Celpe é feito pelo número 116, mas as demandas também podem ser repassadas por meio da Agência Virtual.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome