Representante da Compesa em Petrolina rebate críticas de comunitário sobre ranking do saneamento do ‘Trata Brasil’

4
Foto: Blog do Carlos Britto

O gerente da Unidade de Negócios da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) em Petrolina, João Raphael de Queiroz, rebateu as críticas do professor, pesquisador e geógrafo David Silva, sobre a posição de Petrolina no ranking dos serviços de saneamento básico divulgados pelo ‘Trata Brasil. Segundo o Instituto, em 2018 a principal cidade do Sertão aparece em 15º lugar entre as mais bem saneadas com mais de 100 mil habitantes.

Para David, que participou nesta terça-feira (29) de uma reunião na Fundação Nilo Coelho para tratar do novo Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB) de Petrolina, os números “são uma farsa”.

No mesmo tom, João Raphael disse que o professor, no mínimo, não pesquisou como deveria. Ele também minimizou o fato de Davi ter conhecimento na área. “Não vou discutir o que ele é ou deixa de ser. A informação está lá (no site) para quem quiser ver. Se você olhar o resultado do Trata Brasil, que é uma instituição independente, não é política, em 2010 Petrolina estava na posição 67. Hoje Petrolina é a 15ª cidade”, ratificou.

4 COMENTÁRIOS

  1. Quanto a saneamento pode ser, mas em relação a distribuição de água é péssima. Aqui na vila Eduardo só chega agua depois das 23:00 horas, quando chega. Isso já esta com vários meses.

  2. Genteeee , saneamento em Petrolina é de péssima qualidade. Vcs já viram Dom Avelar, Novo Horizonte, Indalina, Giovanna, Padre José de Castro, e outros mais que poderia citar aqui. Pois devido a minha profissão ando nesses bairros quase todos os dias. E sem contar com os esgotos que vivem estourados. E outra, moro no centro e falta água quase todos os dias. Será que só eu vejo isso?

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome