Remanso poderá eleger o primeiro deputado estadual em 2022

0
Foto: Vitor Fabrício/divulgação

O município de Remanso, no norte da Bahia, tem grandes possibilidades de eleger um candidato a deputado estadual em 2022. As possibilidades baseiam-se no resultado das eleições de 2018, quando quatro parlamentares foram eleitos com votação abaixo dos 30 mil votos. Vale ressaltar que não estão sendo colocados os critérios do modelo da eleição apenas pela quantidade de votos.

Algumas cidades vizinhas, a exemplo de Juazeiro, mostram que essa realidade é possível. O deputado estadual Zó (PCdoB) segue em seu segundo mandato e é natural do município de Pilão Arcado. Outro exemplo é o ex-deputado Pedro Alcântara, que tem como terra-natal Campo Alegre de Lourdes. Adolfo Viana e Tum também estão na lista, já que ambos são naturais de Casa Nova.

Outra oportunidade que se abre nas eleições de 2022 é o fato de Tum, que se diz “pé quente”, já ter se lançado a deputado federal, abrindo espaço para alianças com seus eleitores em Remanso, Campo Alegre de Lourdes, Pilão Arcado, Sobradinho, Sento Sé e até mesmo Juazeiro. É um vasto espaço eleitoral que está à disposição de novos candidatos a deputado estadual. De acordo com dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Remanso tinha, nas eleições realizadas em 2020, um total de 31.763 cidadãos aptos a exercer o direito de voto.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

17 − 8 =