Remanso: Câmara aprova projeto que acaba com licença-prêmio de servidores e causa revolta

3

Os servidores municipais de Remanso, no Norte da Bahia, ficaram decepcionados e revoltados após a Câmara Municipal ter aprovado um projeto de lei enviado pelo prefeito Marcos Palmeira (PCdoB), nesta quinta-feira (28), que pedia o encerramento do pagamento de licença-prêmio e quinquênio dos profissionais.

Votaram a favor do projeto os vereadores Geovane Passou, Valdir do Feijão, Marcelo da Banca, Ocimar Moura, Mailton Brito, Evanildo Oliveira e Robério Ferreira.

Já Antonio Moura, Alair Paes Landim, Dr. Cristiano e Carlos Castro foram contrários à matéria. Antes da definição final, alguns vereadores ainda solicitaram a retirada de alguns artigos, porém não foram atendidos.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome