Remanso: Câmara aprova projeto que acaba com licença-prêmio de servidores e causa revolta

por Carlos Britto // 29 de janeiro de 2021 às 12:00

Os servidores municipais de Remanso, no Norte da Bahia, ficaram decepcionados e revoltados após a Câmara Municipal ter aprovado um projeto de lei enviado pelo prefeito Marcos Palmeira (PCdoB), nesta quinta-feira (28), que pedia o encerramento do pagamento de licença-prêmio e quinquênio dos profissionais.

Votaram a favor do projeto os vereadores Geovane Passou, Valdir do Feijão, Marcelo da Banca, Ocimar Moura, Mailton Brito, Evanildo Oliveira e Robério Ferreira.

Já Antonio Moura, Alair Paes Landim, Dr. Cristiano e Carlos Castro foram contrários à matéria. Antes da definição final, alguns vereadores ainda solicitaram a retirada de alguns artigos, porém não foram atendidos.

Remanso: Câmara aprova projeto que acaba com licença-prêmio de servidores e causa revolta

  1. Pé no Saco disse:

    PC doB bando de demagogos não São os que defendem o trabalhador.

  2. Sempre Atento disse:

    Não entendo muito mas quem adquiriu o quinquênio não perde, só serve para quem entrar no poder público apartir da lei aprovada,entrem na justiça.

  3. Maonoel Ribeiro disse:

    Eu vou fazer 5 anos de servidor dia 01 de Abril de 2021 ! Entro de férias sempre dia 2 de Maio. No caso eu tenho direito da licença prêmio?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.