“Quero que sofra o que meu filho sofreu”, diz pai de bebê que morreu após ter corpo incendiado em Casa Nova

0
Foto: Reprodução/TV Bahia

Quero que ele (suspeito) pague o que ele fez. Que sofra o que o meu filho sofreu para morrer. Quero justiça“. O desabafo é do pai do bebê Pablo Miguel Amorim, que morreu após ter o corpo incendiado com gasolina por um homem, durante uma festa, na cidade de Casa Nova, no norte da Bahia.

João Domingos Santos ateou fogo na vítima e na tia do bebê. Ele é vizinho da família, apresentava sinais de embriaguez e foi preso após o crime. Segundo a polícia, ele confessou a ação, mas negou que teria intenção de matar. João responderá por homicídio e tentativa de homicídio

Ele (suspeito) estava de trás, bêbado, botou a gasolina na boca e jogou (nas vítimas) sem motivo nenhum. Jogou neles e tocou fogo neles dois. Ela (tia da criança) disse que foi rápido demais para pegar fogo nos dois. Foi questão de segundos“, detalhou o pai do bebê.

O sepultamento de Pablo Miguel está previsto para hoje (26) no povoado de Barra dos Barnabés, na zona rural de Casa Nova (BA), onde a família mora. (G1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome