Programação dos pólos de Carnaval em todo o Estado começa nesta quinta

por Carlos Britto // 15 de fevereiro de 2009 às 19:00

Começam na próxima quinta-feira (19) as apresentações culturais nos pólos de Carnaval promovidos pelo Governo de Pernambuco em diversos município do interior do Estado e da Região Metropolitana do Recife. A programação segue até a Terça-Feira Gorda (24).De quinta (19) ao Sábado de Zé Pereira (21), como manda a tradição popular, os municípios terão desfiles pelas ruas e cortejos de maracatus, cavalos-marinhos, blocos líricos, caboclinhos, bois e ursos.
A partir do Domingo de Carnaval (22) até à Terça-Feira Gorda (24), os polos recebem atrações de palco, entre artistas locais e músicos de renome nacional. Fazem shows artistas como Antônio Carlos Nóbrega,  Lenine, Alceu Valença, Silvério Pessoa, Patusco, SpokFrevo Orquestra e Almir Rouche, além de nome nacionais como Leci Brandão, Só Pra Contrariar e Jorge Aragão.

Veja abaixo a programação dos pólos:

PETROLINA
Maior cidade do Sertão do São Francisco, Petrolina integra a rota do Carnaval pernambucano. No período  de Momo, o ritmo mais presente é o frevo. Blocos tradicionais, como o Liga da Justiça e Carranca Dourada, desfilam pelas ruas da cidade, arrastando os foliões. O município ainda conta com maracatus, caboclinhos e afoxés.

SALGUEIRO
Os festejos de Momo de Salgueiro, no Sertão Central, surpreendem pela beleza da bicharada do Mestre Jaime, principal atração do município. O carnavalesco Jaime Concerva mantém tradição de 1949, levando às ruas da cidade uma verdadeira fauna de bonecos gigantes. A festa fica completa com blocos tradicionais como o Zé Pereira e Os Insetos. A festa no pólo de Salgueiro começa nos dias 20 e 21, com apresentações do maracatu rural Leão Vencedor de Carpina, Caiporas de Pesqueira e Afoxé Timbaganju, a partir das 18h.
A programação de palco tem início no domingo (22) e segue até a segunda-feira (24). Quem for ao local, vai poder conferir atrações como Sérgio Cassiano, Mestre Galo Preto e o Tronco da Juerma  e a Banda de Pau e Corda, além de muito samba com o grupo Patusco e a banda Só Pra Contrariar.>

BELÉM DE SÃO FRANCISCO
O Carnaval de Belém de São Francisco, no Sertão, conserva uma tradição de mais de 90 anos: o casal Zé Pereira e Vitalina, os mais antigos bonecos gigantes do país.

O desfile das virgens e os blocos Nego D’água, Galo da Madrugada e Pererinha são outras atrações tradicionais do reinado de Momo belemita. A terra dos bonecos gigantes recebe, entre outras atrações, o forrozeiro Geraldinho Lins, Célia Coquista, Jorge Riba e Orquestra de Frevo Revoltosa.

Programação dos pólos de Carnaval em todo o Estado começa nesta quinta

  1. Watergate disse:

    Porque insistem em enfiar essa cultura de recife, aqui em petrolina ?
    Quem diabos realmente gosta desses ritmos ?

  2. Que Vergonha! disse:

    Perdoem (watergate) Perdoem, ele não sabe o que diz!
    Que comentário vergonhoso!

  3. Dantas Coronario disse:

    È esse WATERGATE realmente não é PERNAMBUCANO .
    de cultura? ele não entende nada.

  4. Pedro Dantas disse:

    Cala boca gringo!

  5. antonio carlos disse:

    Avisem a este WALTERGATE que Petrolina fica em Pernambuco ou seja, ele pode estar pensando que fica na Bahia. e dizer a ele que Juazeiro que fica do outro da ponte e não aderiu a cultura pernambucana no seu carnaval, e porque Petrolina teria que aderir a baiana. e quanto a cultura WALTERGATE ela não e de Recife, ela e de Pernambuco. e dizer outra coisa, sabe quem gosta desses ritimos pessoas que não são leigas como voce e que acham que devemos gosta de outras culturas e esquecer a nossa, temos que respeita a todas inclusive a nossa que e belisssima.

  6. João disse:

    compra uma passagem e vai pra salvador , aqui é pernambuco amigo!!! quer axé vai pra bahia!

  7. Watergate disse:

    Nao sabia que tinha tanto recifense nesse blog.
    Petrolina é Pernambuco por falta de opção geografica!
    A cultura de Petrolina é BAIANA, queira ou não queira!

  8. Watergate disse:

    “Nossa” Cultura é tão bela, que ta morrendo! So aparece no carnaval, e com muito custo! Até mesmo Recife so nao foi baianizado ainda devido a cotas forçadas do estado. Lembre-se do Recifolia e as cotas de musicas pernambucanas!
    Eu amo cultura forçada pelo estado!

  9. Opara disse:

    Entendo que Petrolina deveria ter um carnaval universal… claro, sempre protegendo o frevo e outros ritmos pernambucanos. Todavia, não devemos fazer como Recife… e barrar outros ritmos em nosso carnaval. Aqui tem que ter axé, pagode, arroxa, rock etc….

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *