Professores do Estado realizam paralisação de 24 horas nesta segunda

por Carlos Britto // 31 de maio de 2009 às 21:34

greve2Os trabalhadores em educação do Estado de Pernambuco realizam paralisação de 24 horas nesta segunda-feira (1º de junho). Após assembleia realizada pela manhã na quadra do Complexo IEP, em Santo Amaro, área central do Recife, a categoria seguirá em passeata até o Palácio do Governo para cobrar o início do processo de negociação da pauta da campanha salarial deste ano.

Os servidores reivindicam a implantação integral do piso nacional dos professores. Os docentes da rede estadual recebem o piso desde setembro do ano passado, mas o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe) denuncia que o governo não reajustou o valor.

“A lei do piso diz que todo mês de janeiro o salário tem que ser reajustado de acordo com o mesmo percentual do custo aluno-qualidade, que foi de 19,2%”, afirmou o presidente do sindicato e um dos diretores da CNTE, Heleno Araújo. A entidade reclama também que os docentes têm direito a um terço da carga da horária para planejamento das atividades, o que não está ocorrendo.

A Secretaria Estadual de Educação informou que “todos os professores efetivos do Estado em início de carreira, com 200 horas/aula e licenciatura plena tiveram suas remunerações reajustadas de R$ 777,60 para R$ 1.016.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *