Professores da rede municipal de Petrolina participam de curso de braille

0

Professores do Atendimento Educacional Especializado (AEE), da rede municipal de Petrolina, estão participando de um curso de braille oferecido pelo Núcleo de Apoio Psicopedagógico às Pessoas com Deficiência (NAPPNE), da Secretaria de Educação (SEDU). A formação continuada, que começou nesta sexta-feira (13) é realizada no Sest/Senat e prossegue durante todo o ano letivo.

O curso é ministrado pelas braillistas Sirlene Caxias e Lidineide Maria da Silveira, servidoras do município. De acordo com a diretora do NAPPNE, Emiliana Freire, o objetivo da SEDU é reforçar o trabalho de inclusão de todos os alunos com deficiências visuais, que já é realizado nas escolas e creches do município. “Com os profissionais capacitados vamos garantir aos alunos incluídos maior independência na escrita, na leitura e, consequentemente, maior facilidade de comunicação e de socialização”, pontuou.

Atualmente, a Rede municipal atende 20 alunos cegos e 45 alunos com baixa visão. Os estudantes são acompanhados através do Atendimento Educacional Especializado (AEE) que conta com professores, auxiliares e uma equipe de profissionais multidisciplinar.

Braille é um sistema de escrita tátil utilizado por pessoas cegas ou com baixa visão. É tradicionalmente escrito em papel em relevo. O Braille recebeu este nome devido ao seu criador Louis Braille, que perdeu a visão em um acidente na infância. Em 1824, Braille desenvolveu aos 15 anos um código para o alfabeto francês em uma melhoria para a escrita noturna. As informações são da assessoria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome