Produtores orgânicos do Vale do São Francisco participam de seminário em Juazeiro

0
Foto: Ascom/divulgação

Produtores orgânicos ligados a cooperativas e associações rurais da região estão participando em Juazeiro de um seminário sobre sistemas e manejos de produção orgânica e outros temas específicos. O evento teve início na manhã desta quinta-feira (15), no auditório no Centro de Excelência de Fruticultura, é promovido pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) – com o apoio do Sebrae/Bahia – e faz parte do circuito de seminários denominado Para quem produz e alimenta uma vida melhor”, que abrange diferentes cidades e regiões do Estado.

O professor da Uneb, Jairton Fraga, proferiu a palestra ‘Produção de Alimentos Orgânicos’. Ele ressaltou a importância de se conhecer mais a capacidade limitada da natureza em suportar as agressões ao meio ambiente e como o seres humanos precisam melhorar suas  relações  entre produção e uso dos recursos naturais.

Fraga destacou o quanto a diversidade de produção de alimentos orgânicos contribui com a melhoria da qualidade vida das pessoas no Brasil e em todo o mundo, e que esse tipo de produção, que está em expansão também em grandes unidades produtivas, precisa ainda ser mais bem compreendido e acessível a um maior número de pessoas. Outras palestras e exposições com temas relacionados à bioinsumos para agricultura familiar, rastreabilidade de alimentos, cuidados com o solo e diferentes cultura e mercados, além  certificação orgânica estão na pauta do seminário.

A Cooperativa Agroindustrial Vale do Paraíso (Cooperparaíso), de Sobradinho, parceira do evento, está realizando nesse seminário  mais uma importante capacitação voltada principalmente para produtores de acerola, os quais são acompanhados pela entidade, e que estão participando do processo certificador por meio do IBD Certificações. Nesta sexta-feira (16) o evento será na Terra da Barragem, a partir das 8h30, na Câmara de Vereadores. A programação incluirá oficinas sobre manejo e controle alternativo de pragas  e atividades práticas, coordenadas pela engenheira Vilcilene Rocha,  do Ministério da Agricultura.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome