Prodecon fiscaliza preços abusivos na venda de álbuns da Copa do Mundo

por Carlos Britto // 19 de outubro de 2022 às 15:00

Foto: Reprodução

Com a proximidade da Copa do Mundo Fifa de 2022, que inicia dia 20 de novembro, tem crescido a procura pelos álbuns de figurinhas dos jogadores das seleções que irão participar desta edição no Qatar.

Apesar de existir álbuns em vários modelos, os preços são determinados pelo fabricante. E, para garantir a cobrança justa, o Programa Municipal de Defesa do Consumidor (Prodecon) foi a campo nesta terça-feira (18) para verificar se há prática de preços abusivos na venda dos populares álbuns de figurinhas.

Segundo o diretor-presidente do Prodecon, Hélder Gomes, o estabelecimento comercial tem que vender pelo preço determinado no produto. Isso se trata de cumprimento de oferta, que é o que determina o Artigo 30 do Código de Defesa do Consumidor. “Em todos os estabelecimentos que visitamos, os álbuns de figurinhas estavam em falta e apenas um dos pontos de vendas visitados estava cobrando acima do preço sugerido, porém como não havia produto, o local não pode ser autuado”, contou.

Ainda de acordo com Hélder, a equipe do Prodecon continuará visitando os estabelecimentos na cidade. Caso seja constatada alguma irregularidade nos preços, os locais serão autuados. Quem se sentir lesado pode entrar em contato com o Prodecon através do número 3861-3066 (WhatsApp).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.