Presidente e estudantes da Facape pedem apoio do vice-governador para continuidade

0

Vice-governador 1O presidente da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape), Rinaldo Remígio, conversou nesta terça-feira (22) com o vice-governador de Pernambuco, Raul Henry, sobre a suspensão e os atrasos do Programa Universidade para Todos em Pernambuco (Proupe). Também participaram do encontro, três lideranças do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da autarquia. Todos reforçaram a importância das bolsas para os alunos do interior do Estado, como forma de acesso e fortalecimento do Ensino Superior.

Segundo dados da Associação das Instituições de Ensino Superior do Estado de Pernambuco (Assiespe), entidade da qual o professor Remígio é vice-presidente, dos 19 mil alunos das 13 autarquias pernambucanas, cerca de 8 mil são contemplados com o Proupe. Segundo ele, além dos atrasos no repasse das bolsas, as instituições estão perdendo estudantes que não têm condições financeiras de continuarem os estudos.

Raul Henry garantiu que levará a pauta ao governador Paulo Câmara. No entanto, justificou que o Proupe foi um dos programas afetados com a crise econômica nacional.

“Quem paga a conta dessa crise é o povo brasileiro. Um milhão e meio de pessoas perderam o emprego no ano passado. Em Pernambuco, 80 mil pessoas ficaram desempregadas. A receita do Estado caiu R$ 3 bilhões. Estamos fazendo todo sacrifício para manter os serviços do Estado, mas nós precisamos identificar claramente de quem é responsabilidade nesse momento”, completou Henry. (da Ascom/foto)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

dezesseis − 6 =