Presidente do PSOL de Petrolina afirma que “justiça começou a ser feita”

por Carlos Britto // 24 de agosto de 2021 às 18:55

Presidente do diretório do PSOL de Petrolina, Rígel Castro disse a este Blog que a “justiça começou a ser feita”, referindo-se à decisão judicial que culminou com a cassação do vereador Júnior Gás e dos suplentes que concorreram nas eleições 2020 pelo Avante. A notícia nesta terça-feira (24) caiu como uma bomba nos bastidores políticos da cidade.

A eleição foi o período muito difícil dentro e fora do partido. Hoje, a justiça começa a ser feita. Saímos da eleição municipal com a terceira maior votação percentual para vereador em todos os municípios que o PSOL disputou eleição. E com a segunda maior votação percentual para prefeito entre todos os candidatos do PSOL. Tivemos a maior chapa de candidatos do interior, só ficamos atrás do Recife. Aos poucos os resultados vão aparecendo”, analisou.

Segundo Rígel, essa decisão judicial, independente dos desdobramentos, “é uma farol na luta por igualdade”.

Presidente do PSOL de Petrolina afirma que “justiça começou a ser feita”

  1. Naja disse:

    Petrolina pode passar a ter dois vereadores que não residem no Município de Petrolina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *