Prefeitura de Salgueiro realiza ações conjuntas com outras instituições no combate ao Aedes

2

ações combate dengue salgueiro

Com uma população de cerca de 60 mil habitantes, Salgueiro – principal município do Sertão Central de Pernambuco – vem intensificando as ações de combate ao mosquito Aedes aegypti, que transmite a dengue, a chikungunya e a zika.  O trabalho conjunto envolve as Secretarias de Saúde, de Serviços Públicos e o campus local do IF Sertão-PE. Uma das medidas mais antigas, que já acontece há cerca de dez anos, tem ganhado reforço a partir da reutilização de pneus velhos descartados por borracheiros, que também são uma ameaça ambiental.

Esses pneus eram jogados em terrenos baldios, acostamentos de rodovias e no aterro sanitário da cidade, sem que houvesse uma fiscalização adequada. Uma ação continuada conduzida pela Diretoria de Saneamento Ambiental começa a mudar esse cenário com várias frentes de trabalho. Um dos objetivos é evitar que estes materiais acumulem água e possam servir de criadouros do mosquito ao mesmo tempo em que evita danos ambientais na área urbana.

Ano passado a prefeitura firmou parceria com a Reciclanip – uma entidade em fins lucrativos criadas por fabricantes – que atua no acompanhamento do ciclo sustentável do pneu em todas as regiões do País. A meta da entidade é consolidar o programa nacional de coleta e destinação de pneus inservíveis, ação prevista no Conselho Nacional de Meio Ambiente 416/2009, que estipula que as empresas fabricantes ou importadoras deem a correta destinação final ao produto usado.

ações combate dengue salgueiro2Do ano passado para cá, foram recolhidas quase 120 toneladas de pneus que estavam no aterro. Uma parte foi transportada através de caminhões para um projeto de reaproveitamento em João Pessoa (PB), e outra para o estado de Goiás.  De acordo com o diretor de Saneamento Ambiental Esmael Nicolau da Cruz, a ação já vem eliminando a possibilidade de se causar contaminação do solo. “Por outro lado, estamos também evitando a criação de focos  dos mosquito causador da dengue e também que as pessoas contraiam a  leptospirose”, explica.

Outra frente de trabalho da diretoria é a campanha de conscientização junto aos borracheiros. Até o final do ano, o órgão pretende consolidar uma infraestrutura adequada para guardar os pneus inservíveis, de forma que sejam protegidos e cobertos sem contato com água. Como no aterro não entram pessoas sem autorização, os borracheiros que quiserem dispensar pneus sem mais utilização para o trabalho, podem entrar em contato com o órgão municipal pelo telefone (87) 3871-7080.

Palestras

Na semana passada, numa parceria entre o IF Sertão-PE local e Secretaria Municipal de Saúde abriu uma série de palestras no auditório da unidade de ensino, para atualizar educadores, alunos e funcionários da instituição sobre o quadro atual do foco do mosquito e suas formas de prevenção. (fonte/foto: Ascom PMS/divulgação)

2 COMENTÁRIOS

  1. A menos de trezentos metros da sede da Prefeitura tem um canal cheio de lixo,mato e muitos pneus, isso ai é só propaganda enganosa,vá ao bairro do divino e vc vai ver pneus por todo lado e lixo é em toda a cidade do centro aos bairros periféricos.

    • Expedito e quem são os responsáveis por jogar esses pneus, seja no canal ou no meio da rua?! Como dito na matéria existe um trabalho de conscientização, o que infelizmente não é adotada por muitos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

dezoito + quinze =