Prefeitura de Arcoverde precisa contratar médicos anestesiologistas em até 10 dias, diz MPPE

0
Foto: Reprodução/Inyernet

Em Arcoverde, no Sertão do Moxotó, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou ao prefeito José Wellington Cordeiro Maciel (PP), que contrate médicos anestesistas plantonistas para trabalharem no Hospital Regional da cidade, tendo em vista que há apenas um anestesiologista de plantão para atendimento das demandas obstétricas e de cirurgia geral na unidade de saúde. Após uma vistoria do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) no local, o órgão emitiu um parecer relatando o risco de haver apenas um anestesiologista para a maternidade pois, caso um mesmo profissional esteja administrando uma analgesia (quando se tem o objetivo de apenas aliviar ou minimizar a dor) de parto, isso pode ocasionar a ocorrência de uma cesária de emergência.

O parecer conclui ainda que “realizar analgesia de parto durante plantão, estando o anestesiologista sozinho no serviço, sujeito a precisar administrar outra anestesia e/ou analgesia em diferentes pacientes, poderá configurar anestesia simultânea”. O MPPE fixou um prazo de 10 dias para que a gestão municipal de Arcoverde se manifeste sobre o recebimento, publicidade e posicionamento futuro sobre o conteúdo da recomendação. A recomendação nº 001/2021 foi firmada pelo promotor de Justiça Gualberto de Aragão e publicada na íntegra no Diário Oficial Eletrônico do MPPE.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome