Prefeitos querem fazer festa com dinheiro do Fundeb

por Carlos Britto // 20 de junho de 2009 às 09:45

robertomaia1Circula pelos bastidores do poder um zum-zum-zum de que prefeitos baianos que receberam a antecipação do Fundeb querem usar parte do dinheiro para fazer a festa de São João. Mas, o presidente da União dos Municípios da Bahia (UPB), Roberto Maia, dá o alerta: “quem usar o dinheiro da educação para outros fins vai cometer um ato de improbidade gravíssimo”.

Maia sustenta que a antecipação do recurso, ao invés de ser uma vantagem, é na verdade uma tremenda arapuca. “A lei prevê que o governo federal tem que fazer o censo escolar e divulgá-lo até o último dia do ano para só então calcular a base do Fundeb para o próximo ano. Em 2008, isso não aconteceu. Para corrigir o erro eles decidiram antecipar uma parte do dinheiro.

Então, mais de três mil municípios brasileiros receberam uma verba que não estava prevista. Mas, a partir de agosto, o recurso será reduzido e quem não fizer planejamento vai passar por apuros”, alerta o presidente da UPB.


Informações do Bahia Notícias

Prefeitos querem fazer festa com dinheiro do Fundeb

  1. CIDADÃO REVOLTADO disse:

    Depois que José Sarney disse que a crise é do Senado e não dele, tudo ficou desobrigado de fazer sentido em Brasília.

    Apenas os fatos ainda se animam a manter viva a conspiração contra o vale-tudo semântico inaugurado por Sarney.

    Deve-se aos repórteres Rosa Costa e Rodrigo Rangel a descoberta do penúltimo grão de sujeira escondido sob o tapete metafórico do Senado.

    A dupla informa que o contracheque do mordomo da casa que Roseana Sarney mantém em Brasília é pago pelo Senado.

    Espécie de faz-tudo da filha do presidente do Senado, o mordomo ganha algo como R$ 12 mil por mês.

    Chama-se Amaury de Jesus Machado. Atende pelo sugestivo apelido de “Secreta”. Nos últimos dez dias, esteve ao lado de Roseana em São Paulo.

    A primogênita de Sarney deixou o Senado em abril. Renunciou para assumir o governo do Maranhão, que ganhou no tapetão do TSE.

    Embora devinculada do Senado, Roseana continuou servindo-se dos bons préstimos do mordomo “Secreta”.

    Ouvida, a governadora maranhense declarou: “Ele é meu afilhado. Fui eu que o trouxe do Maranhão…”

    “…Ele vai à casa quando preciso, uma duas ou três vezes por semana. É motorista noturno e é do Senado. E lá até ganha bem”.
    POR ISSO QUE NUNCA SOBRA DINHEIRO PARA SAÚDE E EDUCAÇÃO NESTE PAÍS, NUNCA SE PODE DAR AUMENTO PARA APOSENTADOS POIS CORRE O RISCO DE QUEBRAR A PREVIDÊNCIA, AGORA SEMPRE SOBRA DINHEIRO PARA AS RAPOSAS , 12 MIL REAIS PARA UM MORDOMO É PIADA!

  2. Alexandro Nunes Lima disse:

    Isso é só balela, existem muitos prefeitos que não está nem ai pra improbidade administrativa, uma vez que eles tenham maioria na Câmara que é o órgão pra fiscalizar o Executivo tudo bem. Em Sobradinho existe Vereador que não sabe nem o que é improbidade administrativa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *