Pré-candidato a prefeito de Juazeiro, Professor Gaspar Júnior diz que apoios recebidos “não são nem de oposição, nem de situação”

0
Foto: Ascom/divulgação

A disputa majoritária de Juazeiro em 2020 tem mais um nome. Com a pré-candidatura a prefeito lançada há poucos dias, o engenheiro agrônomo e professor Gaspar Junior, esbanja entusiasmo. O motivo é sobretudo pelos importantes apoios que vem recebendo e os quais ele define que “não são de oposição nem de situação, e sim, de proposição”.

Precisamos discutir uma alternativa de governo para Juazeiro, pelo qual a sociedade possa também debater e apontar soluções para problemas que ainda afetam seriamente nossa cidade“, afirma Gaspar. Ele citou questões que precisam ser revistas, como a estrutura urbana de Juazeiro, considerando as demandas da sede e interior, a saúde pública, produção e geração de emprego, a ação social e, o orçamento participativo.

Filiado ao Partido dos Trabalhadores (PT) há mais de 30 anos, Gaspar Júnior  – que também é suplente de vereador – destaca a necessidade do partido em discutir sua pré-candidatura e outras que surgirão, em um debate muito aberto e sem descartar essa discussão com partidos aliados ao PT que por ventura apresentem também suas candidaturas. “Quem define a viabilidade de uma candidatura  é a aceitação da mesma pela população”, pondera.

Ele acredita que, na atual conjuntura, o PT está reassumindo sua posição de protagonista no cenário político, o que se confirmará na eleição deste ano. “O PT nasceu pra ser protagonista porque já fez muito pelo o povo brasileiro por meio de tantos projetos que melhoraram a vida de milhões de pessoas nesse país“, lembra, ao apontar programas do partido como ‘Luz Para Todos’, ‘Minha Casa Minha Vida’, ‘Bolsa Família’ – entre outros que trouxeram melhorias sociais para o país nos últimos anos.

Confiança

Durante a posse do novo presidente do PT de Juazeiro, Luiz Felix, na noite da última sexta feira (10), Gaspar ratificou sua pré-candidatura: “Estou confiante e muito animado (…) e o PT não pode abrir mão de ser protagonista, pois esse é o maior partido da América Latina e, o partido do povo brasileiro“, pontuou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome