Portadores de deficiência, como microcefalia, podem ter direito a Tarifa Social de Energia Elétrica em PE

0

A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) está reforçando junto a instituições sociais do Estado para a possibilidade de incluir crianças portadoras de microcefalia como beneficiárias da Tarifa Social de Energia Elétrica – que concede até 65% de descontos na fatura mensal de energia elétrica. A adesão ao benefício se enquadra no critério de portadores de deficiência identificados como baixa renda, com direito ao desconto.

O cadastro na Tarifa Social pode ser efetuado por meio dos diversos canais de relacionamento com o cliente como o site www.celpe.com.br, lojas de atendimento e pontos credenciados da Celpe distribuídos em todo o Estado.

No caso dos portadores de microcefalia, para solicitar a inclusão, é importante que a criança tenha sido inscrita previamente junto ao INSS e obtido o Benefício de Prestação Continuada (BPC) na categoria 87 – para portadores de deficiência. A Celpe concederá o benefício às crianças cadastradas nas agências do INSS existentes na área de concessão da empresa, que abrange todos os municípios pernambucanos, a Ilha de Fernando de Noronha e a cidade de Pedras de Fogo, na Paraíba.

De acordo com a Celpe, além de apresentar o BPC do beneficiário na categoria 87, o pai ou responsável deverá também ter em mãos o CPF e RG da criança e uma conta de energia de onde mora a família, para efetivar a solicitação do desconto. Não é necessário ser o titular da conta. Também não é preciso levar os bebês à Loja Celpe, basta que a solicitação atenda aos critérios, comprovados por meio da documentação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

8 − cinco =