População reclama de lixo ao lado de avenida no bairro Rio Corrente

2

Os moradores do bairro Rio Corrente, zona oeste de Petrolina, reclamam da quantidade de lixo depositada irregularmente ao lado da Avenida Mário Rodrigues Coelho.

Segundo informações, terrenos ao lado da pista estão se transformando em ‘lixões’. Restos de móveis, entulho e animais mortos são jogados frequentemente ao longo da via pública.

Para complicar, muitos materiais estão sendo colocados ao lado do acostamento, contribuindo para riscos de acidentes, uma vez que a avenida não é muito iluminada e em alguns trechos existem muitos buracos. Um perigo.

2 COMENTÁRIOS

  1. Quem reclama de quem?
    Não há ainda o conhecimento de que o “Lixo doméstico” se mova sozinho dos seus locais de produção para terrenos baldios.
    Nunca foi flagrado por câmeras de segurança um sofá “caminhando” de casa para os terrenos públicos ou calçadas. Há sempre, por incrível que pareça, um Humano conduzindo, de forma coercitiva, estes Lixos inconvenientes.
    Reclamar a quem?
    À Educação?
    Aos Bons Costumes?
    Ao Papa?
    O Poder Público e a Coletividade são vítimas, não culpados.

  2. Na verdade o que aconteceu aí foi, que os moradores colocaram os restos de moveis no meio da via para evitar que algo de pior aconteça. Onde está branco, é uma cratera enorme que sempre que chove vira esse problema, e, cansados da mesmice, resolveram tomar uma providencia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

dezoito + onze =