Policiais civis do Estado dão primeiros passos para greve da categoria

por Carlos Britto // 06 de julho de 2012 às 13:31

Em assembleia realizada no final da tarde desta quinta-feira (05) os policiais civis de Pernambuco decidiram dar início ao processo de deflagração de uma greve por tempo indeterminado.

Para cumprir o que determina a lei 7.783/89, a categoria irá publicar nesta sexta-feira (06) um edital convocando os policiais para uma nova assembleia no dia 17 deste mês. Nesse encontro será decretado indicativo de greve, onde serão elencados todos os serviços essenciais que devem ser mantidos durante a paralisação. A greve deverá começar 72 horas após a data da assembleia, e não terá prazo determinado para término.

Estas são medidas de proteção para a categoria e o sindicato. Já esperamos tempo demais por uma proposta do Governo e não houve avanços na negociação. A situação da Polícia Civil de Pernambuco é lastimável. Estamos entre os piores salários do país, faltam efetivo, equipamentos de proteção, não recebemos adicional noturno, vale-refeição, e trabalhamos em condições estruturais precárias“, declarou Cláudio Marinho, presidente do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol/PE).(do Ne10)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *