Polícia Federal em Pernambuco registra poucas ocorrências durante eleições

0
Foto: Polícia Federal

A Polícia Federal (PF) em Pernambuco registrou ocorrências em seis municípios do Estado, todas relacionadas a infrações das regras eleitorais. Os crimes relacionados vão desde boca de urna até denúncias de que policiais militares estariam intimidando eleitores ao longo da campanha, como feito na cidade de Itaíba, dentro da Operação Novo Cabresto.

Segue abaixo a relação dos municípios e dos crimes levantados pela Polícia Federal:

Recife 

Ontem (15) foram lavrados dois Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCOs) com dois detidos, sendo o primeiro em virtude de estar fazendo boca de urna no Bairro de Joana Bezerra, entregando santinhos ao eleitores que estavam indo votar; o segundo foi uma mulher que estava jogando santinhos na via, próximo do Colégio José Maria, em Santo Amaro.

Itaíba

No dia 11/11, foi deflagrada a Operação ‘Novo Cabresto’ que visou ao cumprimento de nove mandados de busca e apreensão, investigando o envolvimento de pessoas que estavam atuando para tumultuar a lisura do pleito eleitoral, e que tem uma candidata à Prefeita da cidade.

No sábado (14), na cidade de Itaíba, foram cumpridos oito mandados de busca e apreensão expedidos pelo Juiz da 143ª Zona Eleitoral da cidade. A medida foi requerida pelo promotor de Justiça Eleitoral, tendo em vista a denúncia de que vários policiais militares, sob a alegação de estarem fazendo a escolta de políticos, estariam ameaçando populares e impedindo que os mesmos expressassem suas preferências políticas ao longo do período de campanha política. Além disso, alguns cidadãos estariam portando armas ilegalmente na região para fins de perpetração de ilícitos eleitorais. No final, a equipe da PF que está na região reportou que nas buscas não foram encontrados elementos que configuraram os ilícitos eleitorais investigados.

Agrestina

Também no sábado, na cidade de Agrestina, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão pela Delegacia de Caruaru, visando a combater a prática de crimes que poderiam comprometer a lisura do pleito eleitoral de 2020 na cidade. As ordens judiciais foram expedidas pelo Juiz Eleitoral da 86ª Zona Eleitoral, e resultou na oitiva de investigados e na apreensão de aparelhos celulares que serão analisados pelos policiais da Delegacia. 

Água Preta

Ontem foram presos em flagrante dois indivíduos por transporte irregular de eleitor na cidade de Água Preta. Os presos eram ligados à uma coligação partidária. Além das prisões também apreendidos um veículo e dois aparelhos celulares.

Salgueiro

Também ontem foi lavrado um TCO em desfavor de uma militante pelo crime de boca de urna. Com a conduzida foram apreendidos centenas de santinhos com propaganda de candidatos a vereador e a prefeito, dezenas de folders e santinhos com propaganda eleitoral, além de uma bandeira de candidato a vereador. A mulher estava jogando panfleto de candidatos a cargo de prefeito e vereador, em frente à escola Dom Malan, no município de Salgueiro. Por volta das 12h30, um candidato a vereador estava na 7ª seção eleitoral, realizando divulgação de propaganda eleitoral verbal e, por meio de distribuição de adesivos, distribuindo “santinhos” no corredor do prédio. Também foi detido nesta data um suspeito por violação do sigilo do voto e cumpridos dois mandados de busca e apreensão em Araripina.

Santa Cruz do Capibaribe

A Fedderal ainda apreendeu um trio elétrico que estava puxando uma carreata no município de Santa Cruz do Capibaribe. A ocorrência foi conduzida para a delegacia local de Polícia Civil (PC), onde foi lavrado um TCO. (Fonte: Diário de Pernambuco)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome