Polícia Federal em Juazeiro fecha o cerco contra falsificadores de documentos

0

documentos falsos_640x478/Foto: PF/divulgaçãoA Delegacia de Polícia Federal (PF) em Juazeiro deflagrou na manhã de ontem (26) uma operação para fechar o cerco contra os falsificadores de documentos – prática considerada estelionato qualificado.

Segundo informações da assessoria da PF, os criminosos investigados procediam à falsificação de documentos de identidade, CPFs, certidões de nascimento, além de criarem vínculos empregatícios falsos com diversas prefeituras, realizando declarações de imposto de renda fraudulentas, visando à concessão de empréstimos a título de antecipação de imposto de renda em instituições financeiras.

Durante a operação, a equipe da PF prendeu um dos criminosos que aliciavam pessoas para fornecerem documentos pessoais destinados à realização de declarações falsas de imposto de renda. O nome do acusado não revelado pela polícia.

De posse de dois mandados de busca e apreensão, os policiais federais apreenderam mais de 20 declarações de imposto de renda fraudulentas, quase 25 identidades falsificadas, formulários para emissão de certidões de nascimentos, comprovantes de residência falsos, dentre outros documentos que comprovam a prática delitiva. As investigações devem prosseguir com vistas a identificar os demais envolvidos na fraude, bem como apurar a responsabilidade dos contribuintes nas contratações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome