PMs de Remanso (BA) reforçam segurança da Festa do Interior em Casa Nova tirando do próprio bolso, diz entidade

14

AspraA Associação de Policiais e Bombeiros do Estado da Bahia (Aspra) divulgou nota à imprensa com sérias críticas ao governo do estado. Segundo a entidade, para reforçar a segurança da tradicional Festa do Interior de Casa Nova, no Norte baiano, policiais militares de Remanso (também no Norte) foram convocados.

Até aí, nada demais. O problema é que os PMs tiveram de tirar do próprio bolso para irem até Casa Nova.

“Apesar de ser um evento que ocorre todos os anos, os responsáveis pela segurança do evento demonstraram uma falha de gestão. Não se preocuparam em proporcionar condições mínimas necessárias para o deslocamento dos referidos policiais. Imaginem! E se todos os policiais não tivessem dinheiro para se deslocar, quem iria fazer a segurança?”, protestou a Aspra.

A entidade dos PMs ressaltou que os policiais poderiam recusar-se a viajar nessas circunstâncias, mas após uma reunião da tropa ficou decidido que os policiais iriam a Casa Nova para não prejudicar o público que prestigiaria a Festa do Interior. Mas a Aspra garantiu que vai reivindicar o ressarcimento da equipe em relação a diárias e transporte, “sob pena de que sejam tomadas medidas judiciais”, encerrou a nota. Com a palavra, o governo do estado.

14 COMENTÁRIOS

  1. Mais um descaso do governo com a segurança pública e dos policiais, só quem já trabalhou durante a noite sabe o que é perder uma noite de sono e esse é o reconhecimento, uma das carreiras mais perigosas e desgastante é de policial más tirar do próprio bolso para viajar e trabalhar em festas ( onde tem pessoas esplorando financeiramente e o governo paga a conta!) isso é um desrespeito

  2. Decepção, esse é o sentimento! Essa é a trilha do retrocesso institucional, do menosprezo àqueles que formam a base da Polícia Militar. Certo que tal atitude de uns tempos para cá fique marginalizada à excepcionalidade, mas isso não basta, preciso mesmo é que não exista mais essa postura! A bem da justiça, de outro lado, parabéns aos comandantes que providenciaram transporte, respeitando os seus subordinados e os comandos legais atinentes à matéria!

  3. Esses praças estão reclamando de que?
    A culpa é do tempo, foi somente 364 dias para planejar a disposição da tropa no evento, sem falar que o preço da hora extra compensa viajar 140 km de carro próprio (gasolina de 3,20) e muito!

  4. Parabéns cúpula da Polícia Militar! Depois querem exigir decoro, ética, postura e tudo mais dos policiais nas suas atividades… se for pelo exemplo de quem os comanda, pobre da população! É momento de valorização do cidadão, aqui compreendido o trabalhador (o agente de segurança pública) não de descaso!

  5. Infelizmente essas situações ocorrem frequentemente no serviço policial. Os comandantes detêm na mãos o estatuto e as legislações militares, que por si própria obrigam os militares a trabalharem sem condição de trabalho sob pena de sofrerem sanções disciplinares. O militarismo na policia ostensiva estadual tem se demonstrado uma forma de maquiar as falhas de organização.

  6. Não nos calaremos diante de tamanha discrepância. Queremos que os policiais militares tenham um tratamento digno dentro e fora da instituição. Somos uma entidade de classe, composta por policiais militares. Entendemos o que os nossos colegas passam nessa profissão tão árdua e muito criticada por quem não conhece a profissão policial militar. Somos guerreiros, trabalhamos mesmo sem condição para garantir que os cidadãos tenham segurança. Esperamos que os tratamentos e o respeito melhorem institucionalmente.

  7. É um absurdo o que faz o Comando da Policia Militar! Pois na realidade os policiais tiveram que pagar para trabalhar!! Isto é um sintoma claro de má gestão de serviço publico; um Estado tao rico como o da Bahia (financiado por impostos pagos por nós) com certeza tem condições financeiras para disponibilizar transporte para os policiais se deslocarem para outras cidades e cumprirem com as suas obrigações: que é manter a ordem e proteger a incolumidade física do cidadão. Uma vergonha!

  8. Muito louvável a postura dos policiais, de se manterem firmes na manutencao da seguranca publica, mesmo sendo espoliados pela omissao governamental. Parabéns! Saibam que a causa de vcs ganha cada vez mais simpatizantes na sociedade.

  9. Realmente, foi admirável a atitude dos policiais. São iniciativas assim que devem reger as corporações para fazer com que a população dê um voto de confiança à quem ganha a vida protegendo-a. Por outro lado, tal descaso com o servidor público por parte da gestão pública é lamentável. De se indignar!!!

  10. Parabéns aos policiais de Remanso por não se calarem; e parabéns a ASPRA pelo desempenho em resolver o problema desses policiais, que são disciplinados, mas tratados como se não fossem!!!!

  11. Parabéns aos policiais de Remanso por não se calarem; e parabéns a ASPRA pelo desempenho em resolver o problema desses policiais, que são disciplinados, mas tratados como se não fossem!!!!

Deixe uma resposta para Gigomi Cancelar resposta

Comentar
Seu nome