PL de Bolsonaro pode pedir anulação das eleições

por Carlos Britto // 16 de novembro de 2022 às 08:50

O site O Antagonista divulgou um material no qual constava que o Partido Liberal (PL), sigla no qual Jair Bolsonaro é filiado, iria questionar o resultado das eleições deste ano, que deram a vitória para Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O suposto relatório apresentado para provar que a ação do PL ocorreria possui a logo do PL e a assinatura do presidente do Instituto Voto Legal (IVL), Carlos Rocha. O documento indicaria ainda que os resultados de urnas de modelos 2009, 2010, 2011, 2013 e 2015 não seriam válidos.

Porém, após a divulgação dessas informações, o PL apresentou uma nota pública afirmando que o relatório sobre a utilização das urnas só estaria pronto em dezembro e que a versão publicada pelo Antagonista seria obsoleta. Mesmo assim, não foi negada a possibilidade de contestação pelo partido.

“Está em andamento. Ainda não foi divulgada qualquer versão final do relatório, temos estudos em andamento. A versão publicada pelo Antagonista é obsoleta e não está assinada por ninguém”, relatou o partido.

O presidente da legenda, Valdemar da Costa Neto, ainda não reconheceu a vitória de Lula nas eleições 2022. Costa Neto relatou que só iria se pronunciar após o relatório das Forças Armadas ser publicado. Mesmo após a divulgação do documento, que não encontrou indícios de fraudes, não houve manifestação do PL ou de seu líder sobre o assunto. Todos os testes reconhecidos pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) provaram a lisura do processo eleitoral de 2022.

PL de Bolsonaro pode pedir anulação das eleições

  1. Esse Valdemar e Tão Corrupto quanto o BOZO, a Eleição já acabou, vai cuida de enganar os evangélicos novamente, e o que ele sabe fazer.

  2. Lula Salvação Nacional disse:

    Se o Bozo não tivesse sucateado o SUS, talvez esses extremistas conseguirian um médico psiquiatra pra consultar eles.

  3. Marcos Macedo disse:

    Eleicao so em 2026.

  4. Marcos Macedo disse:

    Lula mudo, ainda ganha desse pessoal em 2016.

  5. Defensor da liberdade disse:

    Manda esse pessoal caçar o que fazer. Vão ficar chorando até quando? Bolsonaro foi eleito em 2018 e ninguém ficou reclamando de fraude. Vão trabalhar mói de vagabundos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.