PF deflagra segunda etapa de operação contra pornografia infantil em PE

por Carlos Britto // 01 de setembro de 2022 às 17:00

Foto: PF/PE

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (1), em Carpina, na Mata Norte, a Operação ‘Anjo da Guarda II’, com o objetivo de reprimir os crimes de produção e divulgação de arquivos de vídeo contendo cenas de sexo explícito ou pornográficas envolvendo criança ou adolescente na internet, notadamente numa famosa plataforma de compartilhamento de vídeos. A investigação foi iniciada em 2021 pelo Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos da PF em Pernambuco, a partir de informações repassadas pela Organização Não-Governamental (ONG).

Nas buscas de hoje, espera-se arrecadar computadores (HDs), notebooks, celulares, pendrives e outras mídias com potencial de armazenamento de imagens e vídeos contendo pornografia infantil, havendo ainda a possibilidade de eventual prisão em flagrante por posse/divulgação de tal material.

Após a análise dos aparelhos, se encontrado algum material de abuso sexual infantil, o suspeito responderá pelo crime de posse de pornografia infantil – crime apenado com até quatro anos de reclusão. Em sendo confirmado que houve publicação de referido conteúdo na internet, o indivíduo responderá também por divulgação de pornografia infantojuvenil, crime apenado com até seis anos de reclusão.

Se ficar provado, todavia, que o investigado filmou vídeos contendo cenas de abuso sexual infantil, deverá responder pelos crimes de produção de pornografia infantil e estupro de vulnerável, os quais são apenados com até 10 anos e 15 anos de reclusão, respectivamente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.