Petrolina está com baixo risco para epidemia de dengue, diz pesquisa

0

dengue(1)De acordo com o resultado do 4ª Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti (LIRAa), realizado entre os dias 7 e 11 de julho pela equipe de Endemias da Secretaria Municipal de Saúde, Petrolina está com o índice de 0,7% para infestação de dengue, número considerado de baixo risco pelo Ministério da Saúde.

Na pesquisa foi constatado que algumas regiões dos bairros Vila Eduardo, Loteamento Vale Dourado, Vila Eulália, Dom Avelar, Pedra Linda, Vila Marcela e outros estão com o número mais elevado, registrando médio risco para uma epidemia da doença.

“Nestas áreas iremos intensificar nossas ações de combate, orientação e fiscalização para que possamos igualá-las as demais localidades que estão com baixo risco ou 0% de risco, como é o caso dos bairros Jardim Amazonas, Vale do Grande Rio e Areia Branca”, destacou a diretora de Vigilância em Saúde, Catarina Sulpino.

Durante os primeiros meses de 2014 a população de Petrolina vivenciou um surto de dengue ocasionado por alguns fatores, como o grande volume de chuvas. “Neste período de epidemia intensificamos nossas ações, estabelecemos parcerias para que reduzíssemos o número de casos em Petrolina. E com este resultado confirmo o comprometimento da equipe em trabalhar em prol da saúde de toda população”, afirmou a gestora da pasta, Lúcia Giesta.

A gerência de Endemias verificou que 90% dos focos de dengue estão nos domicílios. “A população precisa entrar nessa luta diária de combate à dengue. Não deixe água parada, não acumule lixo e evite que a dengue chegue em sua casa”, alertou Catarina. As informações são da assessoria da Prefeitura de Petrolina. (foto/ divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome