Petrolina atinge quase 2,8 mil infectados pelo novo coronavírus e tem mais 157 curas clínicas

3
Foto: Ascom PMP/SMS divulgação

Com mais 280 testes rápidos realizados pela prefeitura nesta quinta-feira (30), Petrolina chegou a 2.799 casos confirmados do novo coronavírus (Covid-19). Hoje foram 88 os positivados – 53 do sexo feminino, com idades entre sete meses de vida (uma bebê) e 69 anos, e 35 do sexo masculino entre 7 e 64 anos. Outros 5 diagnósticos vieram de exames laboratoriais: 3 pacientes do sexo feminino, entre 24 e 47 anos, e dois do sexo masculino, entre 41 e 57 anos.

Dos 2.799 casos de Covid-19 na cidade, 317 são detentos da Penitenciária Dr.Edvaldo Gomes (PDEG).

O boletim atualizado da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) trouxe ainda 157 curas clínicas, totalizando 1.542 recuperados da doença. Como não houve registro de novos óbitos, esse número permanece em 53. São 2.222 casos confirmados por testes rápidos da prefeitura e 577 diagnosticados através de exames laboratoriais.

Internamentos

A taxa de ocupação geral dos leitos de UTI da rede pública é de 60%. Dos 50 leitos disponíveis, 30 estão ocupados, sendo 10 por pacientes de Petrolina e 20 de outras cidades da região. Os dados completos podem ser acessados pelo link.

3 COMENTÁRIOS

  1. A gente até compreende os motivos que levam uma pessoa a demonstrar apoio político ao gestor municipal com publicações que, em detrimento de uma realidade catastrófica e pandêmica, tenta dar ênfase ao lado menos obscuro da situação do município: casos de recuperação.
    Estes se devem à atuação da rede privada de saúde. Então, seria de bom senso adotar postura mais realista e menos desinformativa. A Covid-19 está infectando, afastando pessoas do trabalho e matando outras, principalmente aquelas menos favorecidas e que vivem nas periferias. Esta é a realidade! Sejamos mais críticos e verdadeiros.

  2. A gente até compreende os motivos que levam uma pessoa a demonstrar apoio político ao gestor municipal com publicações que, em detrimento de uma realidade catastrófica e pandêmica, tenta dar ênfase ao lado menos obscuro da situação do município: casos de recuperação.
    Estes se devem à atuação da rede privada de saúde. Então, seria de bom senso adotar postura mais realista e menos desinformativa. A Covid-19 está infectando, afastando pessoas do trabalho e matando outras, principalmente aquelas menos favorecidas e que vivem nas periferias. Esta é a realidade! Sejamos mais críticos e verdadeiros.

  3. A gente até compreende os motivos que levam uma pessoa a demonstrar apoio político ao gestor municipal com publicações que, em detrimento de uma realidade catastrófica e pandêmica, tenta dar ênfase ao lado menos obscuro da situação do município: casos de recuperação.
    Estes se devem à atuação da rede privada de saúde. Então, seria de bom senso adotar postura mais realista e menos desinformativa. A Covid-19 está infectando, afastando pessoas do trabalho e matando outras, principalmente aquelas menos favorecidas e que vivem nas periferias. Esta é a realidade! Sejamos mais críticos e verdadeiros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome