Pelo segundo dia, produtores e trabalhadores rurais discutem Convenção Coletiva 2018

0

Entrou no segundo dia a Convenção Coletiva do Trabalho do Vale do São Francisco 2018, evento realizado no auditório do Petrolina Palace Hotel e que reúne líderes dos Sindicatos dos Produtores Rurais (SPR) de Petrolina (PE) e Juazeiro (BA), sindicatos e confederações trabalhistas de sete municípios, além dos próprios empresários e trabalhadores rurais.

Iniciado nesta terça (30) e dado prosseguimento na tarde desta quarta-feira (31/01), o encontro tem como objetivo propor e efetivar acordos entre as duas classes, visando à criação de um documento que vai reger as relações entre patrões e trabalhadores durante o ano de 2018.

De acordo com o presidente do SPR Petrolina, Jailson Lira, ao final do evento é esperado um acordo que seja benéfico para os dois lados. “Esta já é a nossa 24ª convenção coletiva, entre o patronato e os trabalhadores, e a forma como o encontro tem se desenvolvido, demonstra uma grande maturidade das partes, que com certeza nos levará a um denominador comum”, analisa ele.

A CCT 2018 é formada pelo empresariado agrícola e trabalhadores rurais do Vale do São Francisco. Entre as cidades participantes também estão Santa Maria da Boa Vista e Belém do São Francisco (PE), Curaçá, Casa Nova e Sobradinho (BA). (Fonte/fotos: CLAS Comunicação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

dezenove + três =