Paulo Valgueiro minimiza voto favorável de Gabriel Menezes a projeto do Executivo: “Bancada independente”

0

O líder da bancada de oposição na Casa Plínio Amorim, vereador Paulo Valgueiro (MDB), não só viu com naturalidade como minimizou o voto favorável do seu colega de bancada, Gabriel Menezes (PSL), a um projeto de lei (014/19) do Executivo aprovado na sessão de ontem (8) na Casa Plínio Amorim. A proposta altera duas leis municipais 2.334/2010 e 2.483/2012, referentes à alienação da Central de Transportes e do Loteamento Monte Castelo, aprovadas ainda na gestão do ex-prefeito Julio Lossio.

Gabriel analisou o projeto e achou por bem votar favorável. Ele tem a liberdade de votar de acordo com a consciência dele, assim como eu tenho a liberdade de votar, sem que nenhum chefe, nenhum dono da minha consciência venha dizer como devo votar”, afirmou, ressaltando a independência da bancada oposicionista.

Valgueiro diz que o mais importante é a bancada deliberar sobre os projetos que chegam à Casa, ou pelo menos aqueles com tempo hábil, já que muitos são enviados “a toque de caixa” pelo Executivo.

O oposicionista Gabriel Menezes evitou comentar os projetos de Lossio referentes à alienação dos dois imóveis pelo fato de entrado na Câmara Municipal somente na atual legislatura. Mas deixou claro ter dado o respaldo à proposta da atual administração por se tratar de interesses dos petrolinenses. “Votei porque cobrei muito. Cobrei a retomada da obra da Casa de Partos, fiz parte de uma comissão que investigou tantas mortes nos últimos tempos no (Hospital) Dom Malan/Imip. Não foi fácil votar a favor, porque é um patrimônio público que é alienado, que é vendido, mas que os recursos sejam investidos em prol da população”, ponderou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome