Câmara defende fortalecimento dos municípios em Congresso dos vereadores de Pernambuco

0

Paulo CâmaraO pré-candidato da Frente Popular ao Governo de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), afirmou nesta sexta-feira (27) que, se eleito, não apenas dará continuidade à política de parceria com os municípios, como a ampliará.  “É importante que os vereadores tenham assento nos diversos conselhos que norteiam as políticas públicas”, defendeu, durante fala na abertura do Congresso Estadual da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP).

O socialista pediu o apoio dos vereadores agora, nesse período de eleição, mas para ajudá-lo num eventual governo. “Não dá para saber de tudo o que acontece nos municípios lá do Palácio. Vocês é que estão mais próximos do dia-a-dia da população, dos problemas locais”,  explicou.

“O FEM (Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento  dos Municípios) é um dos resultados dessa parceria que Eduardo (Campos) estabeleceu e que nós vamos continuar. Ele permite um repasse desburocratizado, porém com controle, para que o prefeito aplique naquela necessidade imediata. Isso trouxe mais reformas de hospitais, de creches, minissistemas de abastecimento de água, calçamento de ruas e outros benefícios”,  exemplificou Câmara, lembrando sua proposta de tornar o repasse do FEM uma política de Estado, ou seja,  permanente. Câmara foi ao evento acompanhado dos candidatos a vice,  Raul Henry (PMDB), e ao Senado, Fernando Bezerra Coelho (PSB).

O socialista ainda destacou a ‘política perversa’ de concentração de renda praticada pelo Governo Federal. “Em 1990, 80% do que era arrecadado no Brasil iam para estados e municípios. Hoje, esse percentual é de apenas 44%. A União,  que participava com também 80% do que era aplicado na saúde, hoje é responsável por pouco mais de 40%. Essa coisa da concentração dos recursos era utilizada pelos regimes ditatoriais para minar as forças das unidades da federação. Em uma democracia, isto é inadmissível”, lamentou. Câmara ressaltou que a revisão do Pacto Federativo é uma das bandeiras de Eduardo em sua campanha pela Presidência da República. As informações são da assessoria. (Foto/divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome