Paulo Câmara assina Projeto de lei para criar Auxílio Emergencial do Ciclo Junino; Proposta segue para votação na Alepe

0
O governador Paulo Câmara assinou, na manhã desta sexta-feira (28), o Projeto de Lei que concede apoio financeiro para artistas e grupos culturais da tradição junina em Pernambuco. A iniciativa cria o Auxílio Emergencial do Ciclo Junino do Estado – seguindo o modelo do benefício concedido à classe cultural no Carnaval deste ano. Por conta da pandemia da Covid-19, essas categorias profissionais estão impedidas de promover atividades há mais de um ano.
 
O valor do Auxílio Emergencial Ciclo Junino de Pernambuco corresponderá a 60% do último cachê recebido pelo artista ou grupo cultural, por meio de contratação com a Fundarpe ou Empetur nos ciclos juninos. Os valores definidos terão um piso de R$ 3 mil e um teto de R$ 15 mil, pagos em parcela única.
 
O edital será lançado após a aprovação do projeto de lei pela Assembleia Legislativa, e a execução dos pagamentos ficará a cargo da Fundarpe. Entre as atrações artísticas contratadas pela Fundarpe e/ou Empetur nos ciclos juninos de 2018 e 2019 estão as quadrilhas juninas, cirandas, grupos de coco, xaxado, bacamarteiros, bois, trios de forró-pé-de-serra, bandas de forró e artistas solo. O projeto seguirá para ser analisado e votado pelos deputados da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

três × 3 =