Paulo Câmara assina decreto que cria Batalhão de Operações Especiais de Pernambuco

por Carlos Britto // 06 de junho de 2017 às 18:58

Mais uma ação do Plano de Segurança de Pernambuco foi concretizada nesta terça-feira (6). O governador Paulo Câmara assinou o decreto que cria o Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), para atuar em incidentes críticos contra o crime organizado em todo o Estado. A nova tropa de elite pernambucana será composta por 300 profissionais especializados, que começarão a operar no segundo semestre deste ano, com munição de grosso calibre e novos helicópteros de visão noturna.

“Evidentemente que nós estamos muito preocupados com a questão da segurança em Pernambuco. Não tem um dia sequer em que eu não durma e acorde pensando nisso. Mas nós temos a convicção também de que o Plano de Segurança foi muito bem elaborado e que dará os frutos necessários para que nós consigamos restabelecer a paz e a tranquilidade em Pernambuco. O BOPE vai nos ajudar a combater o crime organizado de maneira mais efetiva, assim como teremos mais homens nas ruas com a finalização dos concursos, tanto da Polícia Militar quanto da Polícia Civil, neste segundo semestre”, destacou Paulo.

A medida, que está entre as primeiras ações do Plano de Segurança de Pernambuco, transforma a Companhia Independente de Operações Especiais (CIOE) no BOPE, criando novas vagas para a tropa especializada e com gratificações próprias, em função da atividade específica.

O batalhão especial ampliará e qualificará a atuação da CIOE, com mais pessoal, estrutura e recurso financeiro. “O efetivo contará com armamento de grosso calibre e helicópteros, investimentos já anunciados pelo Plano de Segurança“, explicou o secretário de Defesa Social, Ângelo Gioia.

Os policiais que farão parte da unidade passarão por um teste rigoroso e, antes de ingressar, farão uma capacitação com profissionais de alta qualificação no combate ao crime organizado. Entre outras atuações dessa tropa, estão: intervenção em incidentes críticos, como negociações com reféns e sequestros; combate ao tráfico de drogas; e operações especiais no meio urbano. As informações são da Secretaria Estadual de Imprensa. (Foto: Aluísio Moreira)

Paulo Câmara assina decreto que cria Batalhão de Operações Especiais de Pernambuco

  1. Francesco disse:

    Como esse BOPE vai atuar em todo o Estado? Por exemplo, se acontecer um crime em Petrolina, quando chegarem aqui os bandidos já estarão bem distante. Ou o governador esqueceu que Afranio fica mais de 900km de Recife?!?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *