Para conter gastos, TJPE anuncia redução de 25% em seu quadro de terceirizados

2

TJPE

O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) anunciou na manhã desta terça-feira (27) que efetivou uma redução de 25% no seu quadro de terceirizados, como uma das medidas para enfrentar as dificuldades orçamentárias do Judiciário. A medida representa um corte de 250 prestadores de serviço na Corte e uma economia de R$ 12,5 milhões.

A redução no número de terceirizados integra um pacote aprovado pelo Pleno do TJPE no dia 4 de setembro, por proposta do presidente do Tribunal, o desembargador Frederico Neves, alegando o cenário fiscal adverso. O pacote tem o objetivo de economizar R$ 97 milhões nas despesas da Corte.

Para evitar que o corte prejudique a prestação de serviços jurisdicionais, o TJPE anunciou também que está racionalizando a execução dos trabalhos internos. O pacote do Judiciário inclui também o enxugamento da folha de pagamento e de investimentos e um aumento menor no salário dos próprios desembargadores. (fonte: JC Online/foto: Renato Spencer)

2 COMENTÁRIOS

  1. e os auxilios ninguem fala em reduzir, bastaria a tais órgãos ler a entrevista daquele juiz europeu que vai ao trabalho de bicicleta, não recebe auxilio moradia, auxílio educação, nem auxilio alimentação, não tem motorista à disposição. Com salário de apenas 20 mil reais, enquanto os nossos ganham bem mais e ainda são necessitados de uma série de auxílios.

  2. Verdade. Eu li essa reportagem e muitas outras. O que acontece é que as classes dos juízes, políticos de carreira, empresários ricos e celebridades se acham deuses. Esses auxílios são imorais. tenho nojo desse povo e especialmente de juízes que recebem tantos auxílios. Isso é errado. Faz com que o povo se revolte e não cumpra as leis. Porque cumpririam? Se os próprios aplicadores das leis se tornaram uma casta que se acha acima de tudo e de todos?

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome