Orocó: Para pressionar prefeitura a cumprir Lei do Fundeb, professores da rede municipal paralisam atividades

0
Foto: divulgação

Professores da rede municipal de ensino de Orocó (PE), Sertão do São Francisco, iniciaram uma paralisação da categoria nesta segunda-feira (17). De acordo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação do município (Sintel), o entrave diz respeito aos 12,84% de reajuste no piso dos profissionais, como determina a Lei do Fundeb, assinada em janeiro pelo presidente Jair Bolsonaro, que não está sendo cumprida pela prefeitura.

Os educadores que entraram na rede municipal desde 2017, tiveram seus salários rebaixados em dezembro passado. Várias reuniões entre representantes do Sintel e da prefeitura aconteceram na tentativa de solucionar o impasse, mas nenhuma deu certo. O Sindicato afirma ainda que o prefeito Gueber Cavalcanti não apareceu para discutir com a categoria.

Estamos muito tristes com a situação porque os alunos estão sem aula por culpa da falta de respeito com os profissionais”, frisa o Sintel. A entidade destacou, no entanto, que os professores cumprirão os 200 dias letivos assegurados em lei, assim que a gestão municipal solucionar o problema. O Blog reserva espaço para algum representante da prefeitura.

Foto: divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome