Orocó: Justiça determina vacinação contra a Covid-19 em indígenas da Comunidade Atikum Brígida

0
Foto: Reprodução

Membros da comunidade indígena Atikum Brígida, situada no município de Orocó, no Sertão do São Francisco, serão vacinados contra a Covid-19 após uma série de pedidos do Ministério Público Federal (MPF) à Justiça Federal, que acatou os pedidos e determinou ao Ministério da Saúde o fornecimento, em até 48 horas, a contar da notificação, das doses de imunizantes necessárias à vacinação prioritária de todos os indígenas.

As vacinas devem ser repassadas a Pernambuco para que o Estado, em 24 horas após o recebimento, providencie o encaminhamento ao Distrito Sanitário Indígena de Pernambuco (Dsei/PE), que terá mais 24 horas para fazer a vacinação. A decisão judicial também determina que seja viabilizada a aplicação, em tempo hábil, das segundas doses da vacina à comunidade.

Em caso de descumprimento da liminar, será aplicada multa diária no valor de R$ 50 mil a cada uma das entidades responsáveis. O autor da ação civil pública é o procurador da República Rodolfo Soares Ribeiro Lopes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

quatro × um =