Operação entre polícias de Pernambuco e São Paulo desbarata organização criminosa que agia em Petrolina

0

toque de midas_640x480A Secretaria de Defesa Social (SDC) de Pernambuco deflagrou nas primeiras horas da manhã de hoje (9) uma operação com vistas a identificar e prender uma associação criminosa ligada a tráfico de drogas e armas, lavagem de dinheiro, falsificação de documentos, homicídios, extorsão, corrupção passiva, receptação de peças de carros roubados e/ou furtados e crimes contra a ordem tributária. O grupo agia principalmente nas cidades de Petrolina e São Paulo (SP), além dos municípios de Juazeiro e Sobradinho (ambas na Bahia) e circunvizinhanças.

Segundo informações policiais, as investigações se iniciaram há mais de um ano e constataram que o entorpecente chegaria ao sertão pernambucano através de um canal de distribuição de drogas com ramificação direta das cidades de São Paulo, Campinas e São Carlos (estas duas no interior paulista).

No total estão sendo cumpridos 31 mandados, sendo 13 de prisão (destes, sete são prisões preventivas e seis temporárias), e 18 de busca e apreensão domiciliar, expedidos pelo Vara Criminal da Comarca de Petrolina.

Para execução da operação, batizada de ‘Toque de Midas’, foi empregado um efetivo de aproximadamente 160 policiais, entre civis e militares.

Parceria

A operação foi deflagrada simultaneamente em Pernambuco e no Estado paulista, ocorrendo em conjunto com o grupo de Promotores de São Paulo – o Gedec (Grupo de Atuação Especial de Repressão à Formação de cartel e à Lavagem de Dinheiro e Recuperação de Ativos). Em São Paulo, foram cumpridos dois mandados de prisão e dois de busca e apreensão.

A operação é coordenada pela Diretoria Integrada do Interior 2 (Dinter) da Polícia Civil de Pernambuco (PCPE). (foto: Ascom DII 2/divulgação)

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome