Oito casos suspeitos de microcefalia são investigados em Juazeiro e autoridades se mobilizam para prestar assistência

0

reunião juazeiro atenidmento microcefalia

O setor de Vigilância Epidemiológica de Juazeiro (BA) investiga oito casos de microcefalia em bebês que nasceram na Maternidade Municipal. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, ainda não há qualquer confirmação de que estes casos estejam relacionados com o zika vírus.

No entanto, os bebês estão sob acompanhamento médico em razão da necessidade de confirmação da possível causa do quadro de microcefalia, cuja principal característica é o tamanho do crânio inferior ao tamanho considerado normal, que habitualmente é superior a 32 cm.

A porta de entrada para o atendimento das gestantes continua sendo por meio da Atenção Básica, nas Unidades de Saúde da Família (USF). Serão realizados os exames específicos e acompanhamento do pré-natal como parte do programa Rede Cegonha.

Para traçar metas em busca do diagnóstico e assistência à saúde nos casos de bebês nascidos com microcefalia, a equipe da Secretaria e o Núcleo Regional de Saúde do Norte‏ da Bahia se reuniram ontem (23), na 15ª Diretoria Regional de Saúde (Dires), na cidade, para discutir a linha de cuidado para as crianças nascidas com a doença, assim como o fluxo e o protocolo assistencial. (foto/divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

5 + 19 =