Obra de Ana das Carrancas ganha corte contemporâneo em exposição no Sesc Petrolina

por Carlos Britto // 31 de julho de 2013 às 21:36

ExposiçãoMemórias, afetividades e todo um imaginário popular que permeia a obra da artesã Ana das Carrancas vão estar à disposição do público a partir desta quinta-feira (1º), na exposição ‘Os olhos Cegos do Rio’, que o Sesc Petrolina abre oficialmente às 20h.

A mostra acontece na Galeria Ana das Carrancas, no próprio Sesc, e promete ressignificar a trajetória da artista internacionalmente conhecida e verdadeiro ícone da cultura nordestina, a partir de um recorte contemporâneo da sua produção.

Propondo um outro olhar sobre a obra da artesã, que furava os olhos das carrancas em homenagem ao marido cego, a exposição vai dividir as atenções entre 19 peças tridimensionais e quatro fotografias. “Um convite a ir muito mais além do viés do artesanato, sua relação com o mercado e a identidade local”, conforme ressalta o coordenador da Galeria, André Vitor Brandão.

Acrescentando ainda que a exposição vai contar com recursos de acessibilidade para deficientes visuais e físicos, o coordenador também enfatizou as múltiplas possibilidades de leitura da obra a partir da tridimensionalidade e dos deslocamentos de sentido.

“A intenção é de perceber principalmente a poética que emerge do barro, matéria indispensável ao seu trabalho. As peças em exposição trazem um recorte, parte do universo criativo da artista que não se apresentava estática para dar conta de um circuito mercadológico, mas aberta a experimentações e inserções de novos elementos”, explicou.

A exposição ‘Os olhos Cegos do Rio’ fica aberta à visitação até o dia 4 de outubro nos horários de 9h às 12h; 13h às 17h e 18h às 20h. As informações são da CLAS Comunicação.

Obra de Ana das Carrancas ganha corte contemporâneo em exposição no Sesc Petrolina

  1. Sandro Costa disse:

    Lindo isso!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *