No Dia Nacional do Teste do Pezinho, HDM reforça importância do procedimento

0

Neste domingo (6) o Brasil comemora o Dia Nacional do Teste do Pezinho. O Hospital Dom Malan (HDM)/Imip em Petrolina ressalta a importância do procedimento, tem como objetivo diagnosticar precocemente doenças que podem causar complicações graves para o bebê em desenvolvimento.

Desde 2014 todos os estados brasileiros estão habilitados a realizar o teste, tanto no sistema público de saúde, quanto no privado. Atualmente, todos os municípios pernambucanos contam com pontos de coleta para o teste do pezinho, totalizando 294 unidades de saúde aptas. O Hospital Dom Malan/IMIP, em Petrolina, é um desses pontos de coleta e realiza o teste em todos os recém-nascidos.

As amostras colhidas no Dom Malan são encaminhadas, através da VIII Geres, para o Lacen-PE, responsável pela leitura do exame. Os resultados são enviados às Gerências Regionais de Saúde e, posteriormente, devolvidos aos postos de coleta.

O procedimento é simples. Por meio de uma punção no calcanhar, são retiradas algumas gotas de sangue, que são aplicadas em um papel-filtro, encaminhado, em seguida, para análise. A partir disso, é possível diagnosticar, precocemente, quatro doenças: hipotireoidismo congênito, fenilcetonúria, doença falciforme e outras hemoglobinopatias, e fibrose cística. Havendo resultado do teste do pezinho sugestivo para as doenças triadas, há busca ativa e encaminhamento da criança para dar seguimento ao diagnóstico e, havendo confirmação, tratamento e acompanhamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

3 × três =