No ‘Dia D’ contra a paralisia infantil, AME da Areia Branca encerra atendimento antes do previsto e gera revolta

1

11899837_10152892321957364_840907802696068711_nEm pleno ‘Dia D’ da campanha de vacinação contra a poliomielite (paralisia infantil), o atendimento na AME do bairro Areia Branca, zona leste de Petrolina, provocou revolta nos pais que levaram seus filhos à unidade de saúde. Segundo informações repassadas ao Blog, o problema ocorreu porque o portão da AME teria sido fechado por volta das 16h30, sendo que o horário oficial para o encerramento das atividades era às 17h.

Os funcionários teriam alegado falta de condições de trabalho e cansaço para decidirem fechar os portões meia hora antes do limite determinado.

Os pais que já estavam dentro do posto protestaram contra o fechamento do portão antes das 17h. O vigilante do local chegou até a bater boca com uma mãe que reclamou, quando viu os pais e as crianças sendo barrados, mesmo estando dentro do horário. A vacinação ainda prossegue até o final do mês.  A reportagem tentará um contato com  a Secretaria de Saúde sobre o ocorrido.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome