Na primeira reunião com seus secretários, Miguel Coelho fala em prioridades e quer ritmo de trabalho mais intenso

2
Foto: Ascom PMP/divulgação

Na primeira reunião realizada nesta terça (8) com os titulares das novas secretarias criadas após a reforma administrativa, o prefeito de Petrolina, Miguel Coelho deixou claro as prioridades que pretende implantar para cada pasta nos próximos dois anos de sua gestão. Ele também cobrou agilidade e maior intensidade no ritmo de serviços e entregas de obras à população de Petrolina.

A reunião teve a presença dos secretários Simão Durando (Governo e Agricultura); Henrique Guerra (Planejamento e Gestão Administrativa), que fica temporariamente até Plínio Amorim, o qual também participou, assumir o comando da pasta; Emício Junior (Desenvolvimento Econômico e Turismo); e Margareth Zapponi (Educação, Cultura e Esportes).

Todos aqui já conhecem o serviço público e o único (Plínio Amorim) que está chegando ao governo já conhece bem nossa cidade e como nosso grupo trabalha. Por isso, não temos tempo a perder e o processo de integração será rápido. São dois anos de governo pela frente ainda, mas a cobrança da população por melhorias é todos os dias. Com essas mudanças, queremos garantir o funcionamento mais eficiente da prefeitura em diversos setores estratégicos”, disse o prefeito à equipe.

Do secretariado municipal, que teve redução de 11 para nove pastas, a única novidade é Plínio Amorim. Mas como o próprio Miguel lembrou, Plínio tem a experiência de secretário de Educação nas gestões de Fernando Bezerra (2005-06) e Odacy Amorim (2007-08). Ele assumirá a função em fevereiro, com Henrique Guerra ocupando o setor até essa data. “A ideia é tomar pé do funcionamento do trabalho e da equipe para dar maior fluidez. Acredito que pelo nível de profissionalismo que esse grupo exerce na causa pública, estou seguro que temos condições de oferecer uma qualidade superior de serviços na Prefeitura de Petrolina”, adiantou.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome