Na Polônia: Bebê nasce bêbado e mãe deve ser indiciada

3

Foto/reproduçãoUma mulher está em apuros após dar à luz em Tomaszow (Polônia). Tudo porque o bebê nasceu bêbado, de acordo com reportagem do “Daily Mirror”.

A polonesa de 24 anos foi levada ao hospital depois de uma noite de bebedeira. Lá, médicos fizeram uma cesariana de emergência.

“Quando o bebê nasceu, o seu coração batia muito pouco e ele tinha 4,5g de álcool no sangue”, disse um porta-voz do hospital.

O limite de álcool no sangue para não ser enquadrado pela “lei seca” na Polônia é 0,2g. Ou seja, o bebê tinha quase 23 vezes mais álcool na corrente sanguínea que o permitido!

O bebê, que nasceu prematuro, está se recuperando em uma incubadora.

A polícia deve indiciar a mãe por colocar em risco a vida de recém-nascido. (Fonte: G1)

3 COMENTÁRIOS

  1. Crianças que nascem com doenças, prematuras ou anomalias físicas, é preciso ficar atento sobre o que a mãe estar consumindo durante a gravidez, seja bebida, remédios ou drogas. Alguns anos atrás, alertei a uma jovem grávida que estava fumando para que parasse o vício, o resulktado foi que a criança nasceu com hidrocefalia e só durou tres meses de vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome