Mulher morre no HDM dias após dar à luz; direção do hospital informa que paciente retornou em estado gravíssimo

por Carlos Britto // 10 de janeiro de 2019 às 16:34

Foto: arquivo pessoal

Uma mulher morreu, na noite de ontem (9), após dar entrada no Hospital Dom Malan (HDM)/Imip em Petrolina. A paciente foi identificada por Elaine Ramila de Oliveira Menezes, de 22 anos. Natural de Cabrobó (PE), no Sertão do São Francisco, ela havia dado à luz a uma menina no último sábado (5).

A reportagem não conseguiu contato com a família da vítima sobre o fato. No entanto, a direção da unidade médica, por meio da assessoria de comunicação, informou que Elaine chegou ao HDM já em trabalho de parto avançado, que foi realizado normal e sem problemas.

No dia seguinte – domingo (6) – ela teve alta e apresentava quadro de saúde estável, bem como pressão arterial adequada (ela era hipertensa crônica, segundo informou o HDM). Além disso, havia realizado seus exames complementares.

Depois desses procedimentos Elaine voltou para Cabrobó e retornou ontem (9) ao hospital, vindo de ambulância e sem acompanhamento de um médico – apenas com uma enfermeira. “Ela chegou em estado gravíssimo e apresentou parada cardiorrespiratória imediatamente após a entrada na emergência”, diz o HDM. “A equipe de saúde tentou reanimá-la, sem sucesso. Não se sabe o que ocorreu entre os dois períodos de internação, por falta de relato, ficando então a lacuna sem detalhes clínicos. Em tempo, o Hospital Dom Malan solidariza-se com a família e se coloca à disposição para maiores esclarecimentos relativos à assistência prestada pelo hospital”, completa a nota.

Mulher morre no HDM dias após dar à luz; direção do hospital informa que paciente retornou em estado gravíssimo

  1. Selma disse:

    A Mulher era ipertensa crônica,pariu dia 5 e dia 6 teve alta e ainda viajou pra fora da cidade?
    Irresponsabilidade.

    1. Veronica Torres de Menezes disse:

      Da pra entender uma coisa dessas???
      Menos de 24 hrs de um parto,não ficar nem em observação, é revoltante

  2. Maria disse:

    Hummmm! !! mais uma jovem, sei não. …erro !! Nunca ….hospital não erra, nem médicos.

  3. Bruna disse:

    O que sabemos que muitas pessoas estão adquirindo infecção hospitalar, que o hospital está em estado de calamidade. Muita gente em maca,;por falta de leito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *