MPT-PE e Cerest Ouricuri orientam sobre casos de acidentes de trabalho na atividade gesseira

por Carlos Britto // 26 de setembro de 2022 às 13:25

Foto: divulgação

O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Pernambuco e o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) de Ouricuri uniram esforços para alertar sobre os riscos da subnotificação de doenças e acidentes relacionados à atividade gesseira no polo do Araripe. Representantes dos principais hospitais e das secretarias de saúde dos municípios da região participaram de uma recente audiência pública na Câmara Municipal de Trindade, Sertão do Araripe.

A iniciativa considerou a ausência de dados e a necessidade de promover a capacitação dos profissionais de saúde quanto à identificação do nexo acidentário em situações de adoecimento relacionado às atividades promovidas em empresas calcinadoras, mineradoras e plaqueiras do polo gesseiro. Mais de 60 pessoas compareceram à audiência, que também foi prestigiada pela prefeita de Trindade, Helbe Nascimento.

Na ocasião, o Cerest apresentou informações importantes sobre a Política Nacional de Promoção da Saúde e dados estatísticos de notificação de acidentes nos municípios do polo gesseiro (Araripina, Bodocó, Ipubi, Ouricuri e Trindade). Os participantes também foram orientados sobre como realizar uma entrevista com vítimas de acidente de trabalho e como fazer essa comunicação aos órgãos competentes.

A audiência pública foi organizada e presidida pela procuradora do Trabalho e coordenadora regional de Defesa do Meio Ambiente do Trabalho (CODEMAT), Adriana Gondim. Desde 2015, o MPT-PE, por meio do GT do Gesso, acompanha a situação das condições de trabalho no Sertão do Araripe pernambucano, com o intuito de garantir melhorias para o setor. Estima-se que essa atuação já beneficiou mais de 3.500 trabalhadores de modo direto.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.