Mototaxistas reclamam da falta de diálogo com AMMPLA e dizem não aceitar mais um “concorrente” em ponto da 8ªCiretran

1

GEDC8856

A falta de estrutura nos pontos de mototáxis não tem sido o único motivo de reclamação da categoria em Petrolina. Segundo alguns profissionais, também falta organização na distribuição dos mototaxistas entre os pontos da cidade.

No ponto localizado nas proximidades da 8ªCiretran/Detran, por exemplo, existe um conflito acerca da chegada de um novo ‘concorrente’ no local.  De acordo com o mototaxista Antônio Marcos, o desentendimento acontece porque os quatro profissionais, que já estão no ponto, não aceitam a chegada de um quinto – o que segundo ele, estaria sendo imposto pela Autarquia Municipal de Mobilidade de Petrolina (AMMPLA).

Não houve conversa com ninguém e a gente não aceita que coloquem mais um mototaxista lá porque não tem capacidade para isso. Ninguém pode chegar e impor isso sem haver uma conversa. Os mototaxistas têm seus alvarás e cada um deve trabalhar em seu local. Não existe isso de ficar jogando gente para onde não cabe”, disse o mototaxista.

O Blog entrou em contato com a assessoria de comunicação da AMMPLA para saber quais são os critérios utilizados na distribuição dos profissionais e aguarda o retorno.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

1 × 2 =