Mortes por doenças cardíacas sobem 132% durante pandemia

0
Imagem ilustrativa

De acordo com uma pesquisa realizada pelas universidades federais de Minas Gerais (UFMG) e Rio de Janeiro (UFRJ), em conjunto com o Hospital Alberto Urquiza e a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), a pandemia de Covid-19 fez subir em 132% o número de mortes cardiovasculares, principalmente no Nordeste. O levantamento aponta que um dos principais motivos foi a falta de acesso aos tratamentos de saúde.

Além disso, muitos pacientes não mantiveram o acompanhamento de doenças, como diabetes e hipertensão, por medo do contágio da COVID-19.

Mesmo antes da pandemia, as doenças cardiovasculares já eram apontadas como a principal causa de morte no Brasil. De acordo com a SBC, são mais de 1.100 óbitos por dia, o que dá uma morte a cada 90 segundos. Por isso, os médicos alertam que, mesmo com a chegada da vacina, é essencial que a população mantenha os cuidados com a saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome