Morre em Petrolina ‘Dona Socorro’, esposa do primeiro operário padrão do Brasil e mãe do radialista Edenevaldo Alves

3

Faleceu neste sábado (13) em Petrolina, aos 81 anos de idade, Maria do Socorro Alves. Conhecida carinhosamente pelos familiares e mais próximos por ‘Dona Socorro’, ela era esposa de Floro Firmino Alves – o primeiro operário padrão do Brasil, considerado referência nas Indústrias Coelho.

Amada pela sua família, Dona Socorro já vinha enfrentando problemas de saúde há algum tempo e, desde então, foi cercada de cuidados e de muito carinho.

Devido ao cenário da pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o velório acontecerá apenas para a família. O sepultamento será ainda hoje, às 18h, no cemitério do SAF, também reservado aos familiares como forma de cumprir todas as medidas de distanciamento social.

Comentário Meu:

Toda a cidade sabe da minha relação de amizade e companheirismo com Edenevaldo Alves e com a irmã, Vania Alves, também colega de profissão. Então foi muito comum que eu convivesse com Dona Socorro e seu Floro muito proximamente em diversas ocasiões. Dona Socorro não nos servia a mesa, somente. Participava e tomava a cervejinha com a gente. Era muito alto astral. No final, vi filhos muito gratos tratando a mãe como filha. Momentos de amor e cuidado. Ficam o exemplo e a saudade.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome