Mesmo com Marília Arraes ‘bem na fita’, PT de Pernambuco adia decisão sobre candidatura própria ao governo

2
Foto: Ascom Cristina Costa/divulgação

Ainda não foi dessa vez que a Executiva do Partido dos Trabalhadores (PT) em Pernambuco bateu o martelo quanto a ter ou não candidatura própria ao Governo do Estado nas eleições deste ano. A legenda reuniu seus filiados no encontro estadual do PT, realizado neste sábado (5) no Bairro da Boa Vista, área central do Recife.

Compareceram à reunião os 62 representantes dos diretórios municipais, incluindo a vereadora de Petrolina, Cristina Costa.  O ponto principal da pauta tratou principalmente das eleições. Porém, mesmo com o nome da vereadora do Recife, Marília Arraes, aparecendo muito bem nas pesquisas, por votação unânime ficou decidido que a questão será colocada num novo encontro estadual do PT, marcado para o próximo dia 10 de junho.

Cristina Costa em encontro do PT no Recife/foto divulgação

2 COMENTÁRIOS

  1. O PT não é um partido, é um bando de subservientes de Lula, que vai usar o partido para barganhar com Paulo Câmara o apoio a sua empreitada para se livrar da cadeia.
    Não há um projeto coletivo, se houvesse o partido já tinha batido o martelo com Marília.
    Em situações anteriores menos confortáveis, o partido lançou candidatos, agora é joquete nas mãos de Paulo Câmara.
    O PT merece as companhias, que o diga Michel Temer, vice de Dilma.

  2. Bingo. Não foi bingo. O PT só demonstra que não tem dono. Não é partido de caciques… E é assim que se constroe a candidatura: brigando, articulando, negociando, cedendo…Política é assim.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome