Medidas anticrise mostrarão resultados este mês, diz Lula

por Carlos Britto // 02 de março de 2009 às 13:00

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmou nesta segunda-feira (2) que as medidas contra os efeitos da crise econômica global no Brasil tomadas pelo governo têm um “processo de maturação” que começará a mostrar resultados a partir deste mês. “Eu estou convencido e estou otimista que nós entramos por último na crise e vamos sair primeiro dela porque nós temos um mercado interno com um potencial extraordinário e já tomamos todas as medidas e, se for necessário, vamos tomar outras medidas para que a gente possa debelar essa crise o mais rapidamente possível”, afirmou Lula, no programa semanal de rádio “Café com o Presidente”.Lula citou, entre as disposições adotadas pelo governo federal, a liberação de crédito para financiar capital de giro, o incentivo à construção civil e o repasse de dinheiro ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

De acordo com ele, existe perspectiva de mudança desse quadro de crise econômica no curto prazo. Lula disse que, enquanto no País há desaceleração econômica, no “chamado mundo desenvolvido” (Estados Unidos, Europa e Japão), há recessão. “Isso significa que o Brasil está mais preparado para enfrentar essa crise econômica internacional”, disse.

Fonte: Agência Estado

Medidas anticrise mostrarão resultados este mês, diz Lula

  1. CRISE? disse:

    OMC diz que Lula levaria prêmio por ações na crise

    O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Pascal Lamy, elogiou nesta segunda-feira, na Austrália, a mentalidade aberta do Brasil e sua defesa do comércio para encarar a crise econômica mundial. Lamy afirmou que o presidente Luis Inácio Lula da Silva poderia levar um prêmio pelas ações no período.

    Durante seu discurso em um fórum de debate privado, Lamy lembrou que há um mês, técnicos do Ministério de Indústria e Comércio brasileiro estabeleceram novas restrições em produtos que compõem 60% da pauta de importação do País. A medida foi abolida em 48 horas por ordem do presidente e atribuída por membros do gabinete a um erro de cálculo, pois ia contra ao que Lula defende.

    O chefe da OMC disse que também vários governos asiáticos, especialmente Japão e Coréia, estão atuando bem perante a crise, da mesma forma que Austrália e Nova Zelândia, mas que o Brasil é o país que destaca. ‘Se tivéssemos um prêmio para este período, acho que Lula o levaria’, disse Lamy. (EFE)

  2. Opara disse:

    Esse Lula é uma piada… primeiro veio com a história da “marolinha”, agora vem com essa de entrar por último e sair primeiro. O desemprego atingiu 8,2%. O Brasil durante esses anos de bonanças nunca se preocupou em organizar a economia interna. Todos os esforços foram no sentido de organizar a economia para a exportação de matéria prima. O resultado é esse. O Brasil vai sofrer muito. Não que não sofresse, se feito direferente… mas poderíamos atravessar a crise numa situação melhor.

  3. Tontonho disse:

    O presidente da republica tem se revelado a cada dia um homen de muita sorte; me parece que gosta muito de falar o que o povo gosta de ouvir e quando da declaraçoes insanas logo procura a imprensa para se desvencilhar do problema.
    A recessao no Brasil ainda esta começando, o nosso sistema bancario ainda e muito forte basta ver os juros praticados, estratosfericos!
    O desemprego cresce a cada mes, infelizmente entraremos de cara na marolinha que vem de fora…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *